28 de novembro de 2012

Revistas: Valerá a pena cancelar a subscrição?

Para controlar a arrumação da casa não basta destralhar e organizar a casa, é necessário manter essa organização. À medida que vou destralhando o quarto, uma das maiores dificuldades que tenho sentido é a de controlar a quantidade de papel...

Por vezes, até parece que ele se multiplica enquanto estou a dormir!

Já apliquei algumas dicas que fui lendo e uma delas foi fundamental para filtrar parte do papel que chega por correspondência: Cancelei todas as revistas que subscrevia. 
Para além de receber muito menos papel, poupo algum dinheiro! Afinal, não lia todos os artigos das revistas, nem tinha tempo para tal e, para além disso, nem todas são assim tão interessantes. 


[daqui]


Antigamente, se uma revista trazia brinde eu comprava mesmo que não fosse nada que precisasse no momento (tinha uma coleçcão de malas à custa das revistas...). Agora é diferente! Depois de ter destralhado tantas pilhas de revistas, acho que ganhei alguma aversão ao papel...

Agora só compro uma revista muito pontualmente. Desde que deitei todas as minhas colecções de revistas na reciclagem, só comprei duas e arrependi-me acerca de uma delas...
 
Para comprar revista com brinde, o brinde tem de ser realmente útil como, por exemplo, um chapéu de chuva. Antes de comprar a revista, folheio-a para ter a certeza que tem temas que me interessam. Algumas papelarias não deixam fazer isso. Resultado? Perdem uma cliente. Ninguém me vai obrigar a comprar uma revista que promete temas interessantes segundo os títulos da capa e depois... espremendo bem, não tem nada de novo! 


No entanto, quando existe uma revista de boa qualidade, com assuntos interessantes, talvez queiramos continuar a comprá-la. Nesse caso, encontrei algumas ideias que ajudam a poupar dinheiro quando se compram revistas:

  • Quando a revista é temática e essa informação não se encontra com tanto detalhe ou qualidade na internet, fica mais barato subscrever a revista durante 6 meses ou 1 ano do que comprá-la no quiosque todas as semanas ou meses. Se o interesse for pontual, então deve-se evitar a subscrição e comprá-la apenas quando tem um assunto que achamos mesmo muito interessante

  • Quando temos amigos ou familiares que leem as mesmas revistas, pode-se criar um sistema de troca de revistas ou de partilha dos custos de subscrição.

  • Por vezes, existe a possibilidade de subscrever a revista no formato online. Para além de ficar mais barato, principalmente quando é internacional, poupa-se imenso papel.

4 comentários:

  1. Eu passei a poupar dinheiro ao assinar regularmente uma revista que nunca tinha comprado. Estranho? LOL Ora eu já assinava a National Geographic, que foi presente de aniversário para o marido. Ele é professor e tem um grande desconto na assinatura. Há 2 anos, outro presente de aniversário para ele foi a assinatura da Courier International. Além do preço de campanha corresponder a oferta de praticamente metade o ano, ao assinar uma revista de alta qualidade apercebi-me de que já não precisava de comprar a Visão ou outras revistas do género que nunca lia na totalidade e portanto poupo. Já não compro revistas. A nossa leitura está assegurada com duas revistas que adoramos e que lemos de fio a pavio. Portanto poupamos imenso e reduzimos drasticamente o papel que entra cá em casa :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sandra!
      Obrigada pelo teu testemunho, é um óptimo exemplo de como manter (poucas) subscrições de revistas de qualidade pode ajudar a poupar!

      Eliminar
  2. Excelente artigo. Neste momento apenas assino uma revista, a DecoProteste e tenho um sistema de circulação da mesma> pais > tios > irmão e finalmente uma instituição onde pode ser lida por todos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem Cristina, trazes outro óptimo exemplo! Acho que entregá-las em instituições é muito bom por partilharmos a informação, ainda por cima muito importante, com tantas pessoas.

      Adorei o teu gesto :)

      Eliminar

São os comentários que tornam o blogue num sítio especial. Partilha aqui a tua opinião. Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...