20 de julho de 2013

Atingir o sucesso com desafios mensais

Olá! Estou de volta! Como têm corrido os vossos dias? Já aproveitaram um pouco deste sol tão bom??
As leituras por aqui continuam e a culpa da minha ausência foi, exclusivamente, o capítulo 5 de Power of Less de Leo Babauta!

No capítulo 5, Leo Babauta explica como é importante concentrarmo-nos num objectivo de cada vez e sugere uma abordagem mensal, um objectivo de vida convertido num desafio de 30 dias!

Nos últimos 20 dias foquei-me no último exame que faltava fazer este semestre. Mantive o computador desligado durante todo esse tempo, defini um horário de estudo (manhãs e um pouco do início da tarde), fiz intervalos de 5 minutos a cada 25/30 minutos (Técnica Pomodoro) e fui até à praia pelo final da praia para caminhar e relaxar um pouco.

Senti que foi um estudo mais proveitoso e saudável, só não consegui evitar a ansiedade nos últimos três dias antes do exame, fase em que deixei de sair de casa para ficar a estudar... As dores de cabeça surgiram pouco depois e, na realidade, penso que não aprendi nada nesses últimos dias, só fiquei mais confusa! Mas, aos poucos, tentando, treinando novos hábitos, chega-se lá!

Pensem, então, nos vários objectivos que têm pendentes, aqueles que se vão arrastando no tempo porque parece haver sempre pouco tempo para eles... poderão ser de qualquer tipo: deixar de fumar, perder peso, ficar em forma, organizar a casa, poupar/organizar as finanças, aprender uma língua nova, aprender a toca um instrumento musical, qualquer coisa!

A ideia será dedicar-nos a um objectivo de cada vez, durante um mês. Claro que existem objectivos que não são alcançáveis em 30 dias mas o mais importante é começar e criar hábitos nesse sentido! Depois desse objectivo tornar-se parte do dia-a-dia, num hábito, será mais fácil mantê-lo, sem lhe dedicar tanto esforço mental!


Para assegurar que os objectivos são atingidos, existem algumas estratégias que promovem o nosso sucesso:
  • Definir objectivos fáceis: Para começar, não será boa ideia optar por um objectivo mais difícil. Devemos escolher um objectivo mais fácil do que aquilo que sabemos conseguir fazer todos os dias ou então dividir um objectivo em pequenos passos. Por exemplo, imaginem que o vosso objectivo é ficar em forma e sabem que conseguem fazer 30 minutos de exercício por dia, façam só 10 ou 20!
  • Ser consistente: O objectivo deverá ser praticado todos os dias à mesma hora. Isto fará com que seja mais fácil torná-lo num hábito.
  • Partilhá-lo com um amigo, familiar ou num fórum: Quando conhecemos mais pessoas que se dedicam a um objectivo comum e partilhamos as nossas conquistas diárias, surge daí um apoio mútuo, uma força extra para mantermos a nossa motivação e a do grupo também. O ideal será uma partilha diária.
  • Manter uma atitude positiva: Poderão surgir imprevistos que desaceleram ou colocam o nosso objectivo em stand-by, situações que nos escapam, que não podemos controlar. O melhor a fazer é regressar aos hábitos assim que possível, manter uma atitude positiva e evitar que a alteração do ritmo imposto seja uma desculpa para desistir! 

E tu? Tens algum objectivo de vida que tens posto constantemente em stand-by?

2 comentários:

  1. Boa!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Adorei!!!
    Pra começar já em Agosto!
    Beijos...........

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lu! Sempre começaste a seguir esta abordagem este mês??

      Eliminar

São os comentários que tornam o blogue num sítio especial. Partilha aqui a tua opinião. Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...